Prêmio ABRE da melhor tese

Prêmio anual ABRE da melhor tese europeia sobre o Brasil

 

Regulamento

 

Artigo primeiro – Título, periodicidade, objetivos, objeto e admissibilidade

A Associação de Brasilianistas na Europa (ABRE) oferece anualmente o Prêmio ABRE da melhor tese europeia sobre o Brasil” que tem por objetivo premiar a melhor tese de doutorado sobre o Brasil em ciências humanas e sociais realizada em uma instituição universitária europeia.

São admitidas teses em todas as disciplinas das ciências humanas e sociais, desde que o trabalho enfoque de modo central o Brasil, em suas múltiplas dimensões societais e históricas. O júri é soberano para decidir sobre o eventual não enquadramento de uma tese nesses critérios.

Podem se candidatar jovens doutores que tenham defendido sua tese em uma universidade europeia entre 1° de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior. São admissíveis os inscritos nessas universidades e os alunos em cotutela para os quais uma das universidades envolvidas seja europeia. Os alunos que tenham feito estágios doutorais em universidades europeias, mas que estejam regularmente inscritos em universidades não-europeias, onde defenderam sua tese, não são admissíveis.

Os trabalhos concorrentes poderão estar escritos em qualquer língua oficial de um país europeu.

O prêmio anual será oferecido desde que ao menos uma das candidaturas responda a critérios de qualidade sobre os quais o júri é soberano, além dos critérios de exigência indicados acima, às datas de defesa, e que a documentação necessária seja enviada à ABRE nos devidos prazos.

 

Artigo segundo – Composição do dossiê e calendário do concurso

Em um primeiro momento, até no máximo às 24h (horário UTC+1) do dia 31 de janeiro do ano seguinte ao da defesa da tese, os candidatos devem enviar os documentos abaixo para o endereço eletrônico abre.associacao@gmail.com.

Documentos:

– texto completo da tese em versão PDF;

– resumo da mesma em português e na língua da tese, em no máximo 10 pp.;

– CV do candidato em no máximo 3 pp;

– cópia do diploma ou documento administrativo comprovando a defesa da tese;

– cópia de um documento de identidade;

– coordenadas completas (endereço pessoal, profissional, e-mail e telefone).

 

Antes do final de fevereiro a lista de teses selecionados a concorrer (segundo os critérios indicados no Artigo primeiro) será publicada no site web da ABRE (http://abre.eu), e os candidatos serão informados individualmente.

O comitê executivo da ABRE dará conhecimento público da decisão do júri do concurso durante o congresso da Associação e, para os anos em que este não ocorre, até 31 de outubro. O resultado do concurso será publicado, na mesma época, no site da Associação.

 

Artigo terceiro – O Júri do concurso

O júri será composto pelos membros do comitê executivo da ABRE e por um comitê científico nomeado por estes, composto por colegas de reconhecida capacidade intelectual, além de pareceristas ad hoc que podem ser solicitados para avaliações anônimas em função das candidaturas apresentadas (línguas das teses submetidas e especialidades temáticas e/ou disciplinares).

A composição do júri será publicada no site web da ABRE.

A atribuição do prêmio é fruto da decisão final dos membros do comitê executivo da ABRE a partir dos pareceres recebidos. Os membros do júri se reservam o direito de dobrar o prêmio, de dividi-lo entre dois candidatos, ou de não oferecer prêmio algum se considerarem que as teses submetidas ao concurso não correspondem aos seus critérios de exigência. O júri pode, enfim, atribuir menções especiais.

 

Artigo quarto – O prêmio

O valor do Prêmio é de dois mil euros (2.000 €) e pretende ser um auxílio à publicação da tese vencedora.

O trabalho escolhido não pode estar no prelo ou já publicado sob a forma de livro no momento da premiação.

Em caso de publicação, o logo da ABRE deverá figurar na contracapa do livro, além de uma referência explícita ao recebimento do Prêmio anual ABRE da melhor tese europeia sobre o Brasil.

O vencedor do prêmio se compromete a mencioná-lo em seu curriculum vitae e nas comunicações e artigos ligados à tese.

Nos anos em que houver congresso da ABRE, a entrega do prêmio será feita durante o evento. Nos anos em que este não ocorrer, a Associação se reserva o direito de decidir em que circunstâncias esse será entregue, dentro do calendário indicado no artigo segundo.

 

Artigo quinto – Disposições gerais

As dúvidas e os casos omissos serão resolvidos pelo comité executivo da ABRE.

O regulamento do prêmio pode ser alterado por iniciativa do comitê executivo da ABRE. As alterações que vierem a ser introduzidas no regulamento durante o período que medeia entre o termo do prazo para apresentação dos trabalhos a um concurso e a decisão final do júri não poderão ser aplicadas a essa edição do prêmio.