Vencedores

Prêmio ABRE da melhor tese – 2020

Dos 25 candidatos concorrendo ao prêmio ABRE da melhor tese sobre o Brasil no ano 2020 havia uma vencedora

 

Nathalia Capellini Carvalho De Oliveira – Université Paris-Saclay

Historicizar as barragens da Amazônia brasileira: meio ambiente, conflito e política na planificação e na construção de Tucuruí (1960 – 1985)

 

e duas menções honrosas 

Fernanda Odilla Vasconcellos de Figueiredo – King’s College London

Oversee and punish: Understanding the fight against corruption involving government workers in the federal executive branch in Brasil  

 

Alessandra Rondini – Université Jean Moulin Lyon 3 – Università di Genova 

Per una traduzione di immagini. Il Nordest degli anni Trenta in Italia. Jorge Amado, Graciliano Ramos e José Lins do Rego: il libro-archivio 

 

Prêmio ABRE da melhor tese – 2019

Havia dois vencedores do prêmio ABRE da melhor tese sobre o Brasil no ano 2019.

 

Octavie Eugénie Paris – Université Jean Moulin Lyon 3 – Université de Lyon

Habiter un logement populaire locatif du centre-ville: la place des cortiços à São Paulo, Salvador et Belém

 
Daniel Belik – University of St. Andrews

Indigenous Routes: Interfluves and Interpreters in the upper Tapajós (c.1750 to c.1950)